(Nada!) Brasília…

Os incêndios que assolam os arredores de Brasília, causados pela baixa umidade, dão um clima Mad Max à cidade. Esta bela foto foi feita hoje por Antonio Cruz, da Agência Brasil.

E para acompanhar esta cena áspera, uma música também áspera – e igualmente bonita: Brasília, da Plebe Rude, de 1985.

Brasília

Plebe Rube (1985)

Capital da esperança (Brasília tem luz, Brasília tem carros)
Asas e eixos do Brasil (Brasília tem mortes, tem até baratas)
Longe do mar, da poluição (Brasília tem prédios, Brasília tem máquinas)
Mas um fim que ninguém previu (Árvores nos eixos, Polícia Montada)
(Brasília), Brasília

Brasília tem centros comerciais
Muitos porteiros e pessoas normais (Muitos porteiros e pessoas normais)
A luz ilumina e os carros só passam
A morte traz vida e as baratas se arrastam
(Utopia na mente de alguns…)
Os prédios se habitam e as máquinas param
As árvores enfeitam, a polícia controla
(Utopia na mente de alguns…)

Oh.. O concreto já rachou!
Brasília….

Brasília tem luz, Brasília tem carros (Carros pretos nos colégios)
Brasília tem mortes, tem até baratas (em tráfego linear)
Brasília tem prédios, Brasília tem máquinas (Servidores Públicos ali)
Árvores nos eixos a polícia montada (Polindo chapas oficiais)
Brasília, (Brasília)

Brasília tem centros comerciais
Muitos porteiros e pessoas normais (Muitos porteiros e pessoas normais)
A luz ilumina, e os carros só passam
A morte traz vida e as baratas se arrastam
(Utopia na mente de alguns…)
Os prédios se habitam, as máquinas param
As árvores enfeitam, a polícia controla
(Utopia na mente de alguns…)

Oh… O concreto já rachou! Rachou! Rachou! Rachou!
Rachou! O concreto já rachou!
Brasília….
Brasília…. Brasilia!

A luzes ilumina e os carros só passam
A morte traz vida e as baratas se arrastam
(Utopia na mente de alguns…)
Os prédios se habitam e as máquinas param
As árvores enfeitam, e a polícia controla
(Utopia na mente de alguns…)

Os comércios só vendem
E os porteiros só olham
E essas pessoas, elas não fazem nada
Mas essas pessoas, elas não fazem nada
Nada! (Brasília…) Nada! (Brasília…)
Nada! (Brasília…) Nada! (Brasília…)
Nada!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s