Arquivo da tag: Ideli Salvatti

Brasília vive “Melancolia”

Coisas estranhas acontecem em Brasília.

Hoje, a cidade amanhaceu com um halo em torno do sol. O fenômeno é  típico na passagem do inverno para a primavera. A causa: nuvens de cristais de gelo que refratam luz solar.

Essa é a explicação científica. Mas como Brasília é chegada num misticismo o blog pergunta? Terá o halo solar algum efeito sobre o Congresso, o Palácio do Planalto, o Supremo, os ministérios… Dilma, os ministros, os congressistas sofrerão algum impacto? Maligno ou benigno?

E se o sol cair sobre Brasília? Quem sobreviverá? Uma nova civilização ressurgirá dos escombros? Como será ela?

À medida que o sol vier caindo, como irão reagir José Sarney, Ideli Salvatti, Ana de Hollanda? Algum cargo será criado? Com qual partido ficará? O fim de Brasília irá atrapalhar os planos da volta de José Dirceu?

Aguardemos…

P.S. Nos últimos dias, fiz três posts com o título “Isto é Brasília”. As imagens mostravam índios em cenários urbanos pouco prováveis. Como teve leitor achando que eu desdenhava dos índio, tratei logo de explicar que era justamente o contrário. Uma das coisas que mais gosto em Brasília, cidade que amo, é justamente sua pluralidade e o uso do espaço público da forma mais democrática vista no Brasil.

1 comentário

Arquivado em Política

PSD chega à base com fome

A foto abaixo mostra o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, ex-aliado de José Serra e ex-adversário do PT, na reunião de hoje em que apresentou à presidente Dilma cerca de 60 integrantes de seu novo partido, ainda não oficializado, o PSD.

Pela cara de Kassab, o PSD chega com fome à base governista… Repare: até a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais), encarregada de distribuir o pão, parece estar com medo.

Deixe um comentário

Arquivado em Política

Sarney não entende de mulher

“Eu não li ainda essas declarações, mas o que posso dizer é que o ministro Jobim é um homem muito experiente, muito equilibrado. Jamais faria comentário qualquer que pudesse atingir as pessoas ou pudesse atingir o governo. Eu acho até que esta [declaração] não combina com a ministra Ideli porque a Ideli é até bem gordinha, não é bem fraquinha.”

Este foi José Sarney tentando por panos quentes na nova crise aberta por seu correligionário Nelson Jobim.

Sarney pode entender muito de política, mas definitivamente não entende de mulher. Aposto uma nota nova de R$ 100 como Ideli prefere mil vezes ser chamada de fraquinha do que de gordinha.

Ideli Salvatti: um Jobim incomoda muita gente, um Sarney incomoda muito mais...

1 comentário

Arquivado em Política

Já ouviu a última do Jobim?

Alguém precisa avisar Jobim que já passou da hora...

Não se pode dizer que Nelson Jobim padeça de falta de coerência. Primeiro ele morde, depois assopra, depois arranca um braço de alguém, depois assopra… Como havia afinado no programa “Roda Vida”, agora era a vez de morder.

Na edição da revista Piauí que chega às bancas amanhã, Jobim usa o termo “atrapalhada” para se referir às negociações entre governo e Congresso em torno do sigilo eterno de documentos, classifica a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais) de “muito fraquinha” e afirma que sua colega e braço direito de Dilma, Gleisi Hoffmann (Casa Civil), “nem sequer conhece Brasília”.

Jobim pode pensar o que quiser, mas não pode ser desleal ao governo que serve, sobretudo usando a imprensa para estocar a presidente e sua equipe.

Já escrevi aqui algumas vezes que ele precisa sair. Escrevo novamente, espero que pela última vez: Jobim precisa sair.

Deixe um comentário

Arquivado em Política

Na rampa de Dilma, tem aliado saindo pelo ladrão (VII)

IDELI SALVATTI (PT), MINISTRA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS: “Como eu vou empurrar a turma do PR para fora da rampa se o Marco Maia não tira o cotovelo da minha barriga. Fogo amigo é isso aí…”

Deixe um comentário

Arquivado em Política

Na rampa de Dilma, tem aliado saindo pelo ladrão (VIII)

MARCO MAIA (PT), PRESIDENTE DA CÂMARA DOS DEPUTADOS: “Mais uma cutucada e a Ideli cai.”

Deixe um comentário

Arquivado em Política

O regime do PR

“Não fomos ao almoço porque estamos de regime.”

Este foi o deputado Lincoln Portela (MG), líder do PR na Câmara, justificando, com humor, o boicote de seu partido ao almoço de confraternização dos líderes da base aliada com a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais). O PR se sente prejudicado com a perda de espaço no Ministério dos Transportes, alvo de denúncias de corrupção.

O ideal é que ficassem a pão e água. Não seria injusto também que alguns passassem uma temporada quebrando pedra, com uma bola de ferro amarrada ao tornozelo.

A dieta, contudo, é apenas temporária. Logo, estarão com a pança cheia novamente.

Deixe um comentário

Arquivado em Política