Arquivo da tag: Bafometrogate

Blindado por Andrea Neves durante três décadas, Aécio se desmancha no ar (e leva a irmã junto)

acio212Leia aqui meu artigo publicado em The Intercept sobre o poderoso esquema de Andrea Neves que, com mão de ferro, sangue e culpe, fez Aécio Neves ser retratado como o mocinho da fita durante três décadas.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Escritos de Lucas na imprensa, Imprensa, Jornalismo, Mídia, Política, The Intercept

Aécio fala à Época: Bafometrogate ainda incomoda

No caminho de Aécio tem uma pedra...

A revista Época desta semana traz uma entrevista com o senador Aécio Neves (PSDB). Coisa rara: o mineiro se posiciona de forma objetiva em dois assuntos delicados: descriminalização do consumo de maconha (Aécio é contra) e descriminalização do aborto (contra, também).

Como se vê, desenha-se para Aécio uma candidatura conservadora.

De resto, Aécio toca a entrevista no já conhecido estilo Rolando Lero, com afirmações do tipo:

. “O PSDB passou por uma reorganização em sua direção e agora inicia um processo de debates com a sociedade.”

. “O governo se contenta em administrar a pobreza em vez de fazer a transição real dos pobres para uma situação de melhor bem-estar.”

. “Política é a arte de administrar o tempo.”

No final da entrevista, uma pergunta incomoda Aécio:

ÉPOCA – No começo do ano, o senhor foi flagrado dirigindo com carteira de habilitação vencida e não fez o teste do bafômetro. O senhor é favorável ao endurecimento da Lei Seca, em discussão no Congresso?
AÉCIO – Sou. Votei na Comissão de Constituição e Justiça pelo endurecimento da lei. Estamos aplicando-a em Minas, com resultados muito positivos. Esse episódio já foi explicado. Há sempre a exploração política, mas a gente tem de se preparar para ver isso com naturalidade.

Conforme pode ser facilmente verificado no melhor detector de mentiras do planeta, o Google, não é verdade que Aécio tenha explicado o Bafometrogate. O mineiro tem dificuldade em dizer o que aconteceu naquela madrugada.

Na verdade, a recusa de Aécio em passar pelo teste do bafômetro é a coisa menos importante do episódio. Mais grave, por exemplo, foi Aécio, num primeiro momento, por meio de sua assessoria, ter tentado omitir que, naquela madrugada, a PM do Rio requisitara a ele que fizesse o teste bafômetro (a tática diversionista falhou quando o Governo do Rio divulgou uma nota contando a verdade). Ou seja: primeiro, Aécio recusou o bafômetro. Depois, tentou enganar a opinião pública.

Mas não foi só. No rastro do Bafometrogate, algumas questões graves apareceram na vida do mineiro: uma rádio FM, uma frota de carros de luxo e um jato privado. Para nada disso há explicação ainda.

Há sete meses, o blog listou oito perguntas do Bafometrogate que Aécio evitava responder. As perguntas não só continuam de pé como o tucano continua a evitá-las, conforme revela agora a entrevista de Aécio na Época.

Péssima estratégia para um candidato a presidente da República.

3 Comentários

Arquivado em Política

Estamos combinados: autoridade não pode voar em jato particular de “amigo”. Viu, Aécio…?

Voar, voar, subir, subir... mas não em jato de "amigos"

A pá de cal que ensejou a saída de Wagner Rossi do Ministério da Agricultura foi a descoberta de que ele costumava se deslocar pelo Brasil a bordo do jato de uma empresa privada. Não pode mesmo.

Assim como ficou patente que o governador do Rio, Sérgio Cabral Filho, também não pode ficar zanzando por aí no avião de uma mega-fornecedora do governo fluminense.

Então, alguém precisa avisar ao senador Aécio Neves que ele também não deve e não pode usar nas suas viagens, de forma rotineira, o jatinho particular de terceiros, como há quatro meses noticiou o blog nos posts abaixo. Afinal, a conduta tem de valer para todos.

BAFOMETROGATE – No meio do caminho de Aécio apareceu uma rádio e carros de luxo. Agora tem um jatinho…

BAFOMETROGATE – AeroAécio pertence a empresa do presidente de estatal mineira do ramo de mineração

BAFOMETROGATE – As oito perguntas que o senador Aécio evita responder

5 Comentários

Arquivado em Política

@joaopaulom, guerrilheiro pró-Aécio que tentou abafar bafometrogate no Twitter, é servidor público indicado pelo PSDB

É asim que @joaopaulom se mostra no Twitter

Para melhor entender este texto, leia antes o post Para abafar Bafometrogate, esquema de apoio a Aécio faz guerrilha no Twitter.

xxx

Terça-feira, 17 de maio, final de tarde. Faz três horas que @joaopaulom não twitta, e isto é não é normal.

De manhã, de tarde, de noite, faça chuva ou faça sol, seja segunda-feira gorda ou domingo, @joaopaulom não sai do Twitter. No mundo virtual, prefere não se apresentar com seu nome real. Sua foto no perfil do Twitter também não deixa ver muita coisa, pois seu rosto fica escondido atrás de óculos escuros e uma faixa escrita “I Love Rio” com a imagem do Cristo Redentor.

@joaopaulom tomou para si uma missão no Twitter: defender Aécio Neves e o PSDB (o PSDB de Aécio Neves, bem entendido). No dia em que o senador tucano foi pego numa blitz de trânsito no Rio e se recusou a fazer o teste do bafômetro, @joaopaulom não descansou. Era um domingo. Ele twittou nada menos do que 189 vezes. Bem informado, replicou os pontos da nota oficial da assessoria de Aécio Neves antes mesmo de a nota vir a público.

Naquele domingo, até quando pôde, @joaopaulom sustentou no Twitter que o teste do bafômetro não tinha sido exigido pelos policiais – a mesma versão “vendida” inicialmente pela assessoria de Aécio por meio de uma nota redigida com um texto dúbio. @joaopaulom disparou contra jornalistas, colunistas e blogueiros que divulgavam a informação. Um dos alvos foi o veterano jornalista Ricardo Noblat (Blog do Noblat, O Globo e G1). “Não foi pedido exame de bafômetro. Devia ter checado melhor suas fontes. Mais <sic> vc ainda é novo, um dia aprende”, sapacou o até então incógnito @joaopaulom.

Quando o Governo do Rio soltou uma nota oficial em que esclarecia que, sim, o teste do bafômetro havia sido recusado por Aécio, @joaopaulom não se vexou. Continuou disparando ataques contra jornalistas que investigavam o caso. Alguns ataques eram repetidos várias vezes, com pequenas variações de texto.

@joaopaulom é tão ativo no Twitter que, vez por outra, alguém questiona como ele consegue ficar on-line por tanto tempo e comentar assuntos tão díspares. “Estou em todos os lugares ao mesmo tempo. Onipresença mágica. Um dia te ensino”, ironizou @joaopaulom num twitte escrito em 30 de abril (naquele dia, foram 133 mensagens no microblog).

Hoje, finalmente a identidade secreta de @joaopaulom foi revelada na blogosfera. Ele tem um cargo de confiança na Câmara Municipal de Belo Horizonte, controlada pelo grupo de Aécio Neves. Foi nomeado sob indicação do PSDB. Tentei fazer contato com @joaopaulom no Twitter duas vezes. Pedi que confirmasse seu verdadeiro nome e sua função na Câmara Municipal, um expediente protocolar, pois as informações já são públicas. @joaopaulo não respondeu. Pena. Se tivesse feito contato, ia pedir a ele que explicasse como consegue cumprir com suas obrigações na Câmara Municipal se passa o dia inteiro fazendo guerrilha pró-Aécio no Twitter. Mas pelo visto, a “onipresença mágica” deixou de funcionar.

@joaopaulom, assuma seu verdadeiro nome. Seu problema não é mais manter a identidade secreta. É administrar a vida real.

4 Comentários

Arquivado em Política

Mais um amigo (da onça) de Aécio: o ex-senador tucano Arthur Virgílio

Vem cá dar um abraço, Aécio...

“Seria mais divertido se Aécio estivesse por aqui.”

Arthur Virgílio (AM), ex-líder do PSDB no Senado, que faz o cursinho obrigatório do Detran para renovar a carteira de motorista.

2 Comentários

Arquivado em Política

Demóstenes, amigo (da onça) de Aécio

Amigo da Onça, personagem de Péricles, encarnou em Demóstenes Torres, para azar de Aécio

Sei não, mas acho que o senador Demóstenes Torres (DEM-GO) está de bronca com o colega Aécio Neves (PSDB-MG). Líder de um partido em estágio adiantado de desintegração, Demóstenes lançou ontem, publicamente, a candidatura de Aécio à Presidência da República. E não satisfeito com o abraço de afogado, o democratada ainda bancou o amigo da onça ao relembrar tudo aquilo que Aécio mais quer esquecer: o bafometrogate. “Na próxima vez que formos tomar um vinho, não vou deixar Vossa Excelência dirigir”, disse Demóstenes, em plena sessão da Comissão de Constituição e Justiça no Senado.

Como amigos como esse, Aécio não precisa de adversários.

1 comentário

Arquivado em Política

BAFOMETROGATE: Pioraram as chances de Aécio, diz cientista político

Leôncio Martins Rodrigues sobre o Bafometrogate: "Para um candidato que tem um comportamento de playboy conta muito mal"

Quem acha que o Bafometrogate é um caso menor deveria ler a entrevista publicada na Folha de S.Paulo de hoje com Leôncio Martins Rodrigues, um dos cientistas políticos mais renomados do país. Ele diz o seguinte:

Seguramente o cacife dele <Aécio Neves> baixa bastante. Para um candidato que tem um comportamento de playboy conta muito mal. Porque o presidente da República tem que aparentar responsabilidade, seriedade. Não dá para ficar passeando em alta velocidade e se recusar a cumprir certos rituais, como o bafômetro, ter carteira de motorista em dia. Proceder dessa maneira é dizer: estou acima da lei. Isso em campanha vai ser jogado contra ele. Pioraram muito as chances dele: depois desse episódio terá mais dificuldade para agrupar o PSDB. O Aécio teria de fincar um pé em São Paulo. Ele não consegue. Você não pode ser uma liderança nacional se não conquista São Paulo.

2 Comentários

Arquivado em Política