Collor se dá bem onde Lampião se deu mal

As cabeças de Lampião (fileira de baixo), Maria Bonita (logo atrás) e outros cangaceiros na escaderia da prefeitura de Piranhas (AL)

Em 1938, na virada de julho para agosto, o coronel João Bezerra, vindo de Angicos, no Sergipe, aportou em Piranhas, município do oeste alagoano. Foi até a entrada do prédio da prefeitura e começou a retirar, de dentro de umas latas que carregava, seu mais recente troféu: as cabeças de lampião e de seus cangaceiros preservadas em cal e água ardente. Ali mesmo, na escadaria da prefeitura, o coronel arrumou as cabeças com grande zelo juntamente com os apetrechos tomados dos cangaceiros. Ele queria que todos vissem que o bandido e seu bando estavam mortos. Alguém tirou uma foto.

xxx

Collor no plenário do Senado

Na noite da última sexta-feira, 25, o senador e ex-presidente Fernando Collor de Mello (PTB-AL) foi a Piranhas receber a comenda Cacilda Damasceno Freitas, maior honraria do município. A sociedade piranhense, encabeçada pela prefeita Mellina Freitas, autora da proposta, compareceu em peso. “A cidade está impecável, muito bela. Não se vê uma ponta de cigarro no chão”, declarou Collor em entrevista à Gazeta de Alagoas, jornal de propriedade de sua família.

No sábado de manhã, pelo twitter, Collor agradeceu ao município: “Obrigado, Piranhas, pela receptividade e homenagem”. O ex-presidente aproveitou para botar um link da matéria da Gazeta de Alagoas, que também traz fotos.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em História do Brasil, Política

Uma resposta para “Collor se dá bem onde Lampião se deu mal

  1. Pingback: A guerrilha pró Aécio no Twitter | Blog do Lucas Figueiredo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s