[3ª promoção de aniversário] Adoniran Barbosa e clássico da II Guerra vencem Chico Buarque e Bezerra da Silva

O xará Lucas Mourão da Matta Machado é o grande vencedor da 3ª promoção do aniversário de 1 ano do blog. Ele ganha os 5 livros de minha autoria, presente da Editora Record.

Segundo ele, o jornalista Amaury Ribeiro Jr., autor do polêmico A privataria tucana, cantaria para o PSDB a bem-humorada Ói nóis aqui traveis, de Adoniran Barbosa. Assista ao clipe da música, com gravação dos Demônios da Garoa (logo abaixo, a letra).

Oi nós aqui traveis, de Adoniran Barbosa

Se vocês pensa que nóis fomos embora

Nóis enganemos vocês

Fingimos que fomos e vortemos

Oi nós aqui traveis


Nóis tava indo tava quase lá

E arrezorvemo e vortemos prá cá

Agora nóis vai ficá fregueis

Oi nós aqui traveis

Segundo nosso vencedor, Amaury cantaria para o PT um clássico tristíssimo da década de 1940 feita para os soldados que iam lutar na II Guerra Mundial: We’ll meet again (Nós nos encontraremos novamente), de Johnny Cash. Abaixo, o clique da música, na voz doce de Dame Vera Lynn, e a letra original da música (aqui a tradução).

We’ll meet again, de Johnny Cash

We’ll meet again

Don’t know where

Don’t know when

But I know

We’ll meet again

Some sunny day

 

Keep smilin’ thru

Just like you

Always do

‘Til the blue skies drive

The dark clouds

Far away

 

And will you please say hello

to the folks that i know

Tell’em that I won’t be long

And they’ll be happy to know

That when you saw me go

I was singing this song

Lucas Mourão da Matta Machado teve grandes oponentes. Veja uma amostra dos palpites:

QUE MÚSICA AMAURY RIBEIRO JR. CANTARIA PARA O PSDB?

Muitos de nossos leitores escolheram canções de Chico Buarque (Cálice, Quem te viu quem te Vê, Terezinha, Geni e o zepelim, Apesar de você, Funeral de um lavrador e Jorge Maravilha). Bezerra da Silva foi outro bastante lembrado (Malandro é malandro e mané é mané e Se gritar pega ldrão). Outras opções foram Respeito é pra quem tem, de Sabotage, Quanta laranja madura!, cantiga de roda (Quanta laranja madura, meu bem / De que cor são elas? / Elas são verde e amarela / Vira, Verônica, cor de canela), Senta que é de menta, do Cavaleiros do Forró. (Já que você me provocou, agora experimenta / Senta que é de Menta, senta que é de Menta / Tchaca tchaca, vuco-vuco, será que você agüenta?), Arma da vingança, com Falcão, Deu pra ti, com Kleiton & Kledir, Dois sem vergonha, de Paulo Moura, Reduzido a pó, Lula Cortês, Abalando geral, do Fino Coletivo, Eu fiz pior, de Lula Cortês, Eu sou terrível, Erasmo Carlos, Você abusou, Jorge Aragão, Encare os fatos, com Black Alien & Speed, Entre tapas e beijos, com Leandro & Leonardo, Sua casa vai cair, do Grupo Jeito Moleque, Brasil, de Cazuza, Vamos fugir, de Gilberto Gil, Bichos escrotos e Porrada, dos Titãs, Eu quero é ver o oco, com Raimundos, trilha sonora do Piratas do Caribe I, O vendedor de bananas de Jorge Benjor, Mamãe eu quero, marchinha de carnaval de Jararaca e Vicente Paiva, Pega ladrão, de Gabriel Pensador, e Nem um dia, de Djavan (Um dia frio / Um bom lugar prá ler um livro…).

QUE MÚSICA AMAURY RIBEIRO JR. CANTARIA PARA O PT?

Mais uma vez, Chico Buarque imperou – em alguns palpites, com as mesmas canções dedicadas ao PSDB (Cálice, Terezinha, Quem te viu, quem te vê e Roda viva). E, mais uma vez, Chico fez dobradinha com Bezerra da Silva (Só não posso dar o céu, A rasteira do presidente e Ele cagueta com o dedão do pé). Três leitores votaram na deliciosa Você não vale nada, mas eu gosto de você, do grupo Batom na Cueca. Outros palpites foram Só nós dois, com Nelson Gonçalves (Só nós dois é que sabemos / O quanto nos queremos bem…), Eu quero botar meu bloco na rua, de Sérgio Sampaio, Moleque maravilhoso, de Raul Seixas (Eu nunca cometo pequenos erros / Enquanto eu posso causar terremoto…), O show começa agora, da Facção Central, Pizza, com Xuxa (Pizza, quem quer uma pizza? / Pode escolher o seu sabor…), Hoje quem paga sou eu, de Nelson Gonçalves, Em plena lua de mel, com Reginaldo Rossi, Pelo avesso, com Roberto Carlos, Acertei no milhar, com Moreira da Silva, Leve-me a seu líder, com o grupo Retrofoguetes, Your time is gonna come (Sua hora vai chegar), do Led Zeppelin, Polícia, dos Titãs, Estou bem longe (Do que me faz mal), do Bid, Que país é esse, com Legião Urbana, Lama, com Clara Nunes, Soneto de fidelidade, de Vinícios de Moraes, Presente de natal, de Chitãozinho & Xororó, Juízo final, de Nelson Cavaquinho, Quero esquecer você, com Los Sebozos Postizos, Meu erro, com Paralamas do Sucesso, trilha sonora do piratas do caribe II, Só louco, com Dorival Caymmi, Sentado à beira do caminho, de Roberto Carlos, Tô vendo tudo, de Zé Ramalho, Evidências, com Ana Carolina (Eu me afasto e me defendo de você / Mas depois me entrego…).

Ainda hoje, entrará no ar a 4ª e última promoção de aniversário do blog, valendo mais 5 livros de minha autoria. Fique ligado.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “[3ª promoção de aniversário] Adoniran Barbosa e clássico da II Guerra vencem Chico Buarque e Bezerra da Silva

  1. Isso é que dá Cê querê “polarizar” digo “frequentá” de Eduardo Duseck.. .rsrsrsrsrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s