Brasília, 1959: honra, honestidade, esperança…

No final da década de 1950, operários que construíram o Congresso Nacional deixaram mensagens escritas num fosso que fica abaixo da plataforma de concreto que sustenta as duas cúpulas. Hoje, pouco mais de 50 anos depois, o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), visitou o local.

Nas mensagens (veja a última foto), é possível ler palavras como honra, honestidade e esperança.

O que será que os operários de hoje escreveriam para parlamentares e eleitores de 2061?

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Política

2 Respostas para “Brasília, 1959: honra, honestidade, esperança…

  1. Anônimo

    Sarney ainda é presidente do Senado?

  2. Reinaldo Morais

    Escreveriam: “Somos a favor do casamento gay entre políticos. É a única garantia que em 2061 não existam mais marcas de suas passagens por aqui.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s