Já ouviu a última do Jobim?

Alguém precisa avisar Jobim que já passou da hora...

Não se pode dizer que Nelson Jobim padeça de falta de coerência. Primeiro ele morde, depois assopra, depois arranca um braço de alguém, depois assopra… Como havia afinado no programa “Roda Vida”, agora era a vez de morder.

Na edição da revista Piauí que chega às bancas amanhã, Jobim usa o termo “atrapalhada” para se referir às negociações entre governo e Congresso em torno do sigilo eterno de documentos, classifica a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais) de “muito fraquinha” e afirma que sua colega e braço direito de Dilma, Gleisi Hoffmann (Casa Civil), “nem sequer conhece Brasília”.

Jobim pode pensar o que quiser, mas não pode ser desleal ao governo que serve, sobretudo usando a imprensa para estocar a presidente e sua equipe.

Já escrevi aqui algumas vezes que ele precisa sair. Escrevo novamente, espero que pela última vez: Jobim precisa sair.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s