Rififi no ninho tucano. Acertou quem disse Serra x Aécio

Um dia, Serra ainda chega às vias de fato com Aécio…

xxx

Se pudesse, eu plantava esta mão...

Serra discute com deputado aliado a Aécio

DANIELA LIMA, FOLHA.COM

Os desentendimentos no ninho tucano ganharam contornos explícitos na semana passada, quando o ex-governador José Serra discutiu com o deputado federal Marcus Pestana (PSDB-MG), diante de pelo menos 20 congressistas do partido.

O episódio aconteceu no gabinete do senador Alvaro Dias (PSDB-PR), no Congresso Nacional.

Pestana foi secretário de Saúde de Minas Gerais durante o governo de Aécio Neves (2003-2010), hoje senador pelo PSDB.

Segundo relatos, a cena aconteceu pouco depois que Serra entrou no gabinete de Dias e viu o deputado mineiro. O ex-governador teria perguntado por que Pestana estava “falando mal” dele. “Nós éramos amigos”, teria dito, com o dedo em riste e em tom alterado.

O deputado mineiro teria se surpreendido com a abordagem. “Você está doido, Serra?” respondeu, de acordo com os correligionários.

No gabinete, além de deputados e senadores, estava o governador de SP, Geraldo Alckmin, que havia chegado no Congresso com Serra.

Serra teria afirmado que se apresentasse “recortes” de reportagens em que foi alvo de comentários do mineiro, o deputado “ficaria constrangido”. Pouco depois, Serra teria finalizado a discussão dizendo que o deputado deveria “sossegar agora”.

Parte da discussão foi relatada na quarta-feira (6) em nota publicada pelo jornal “O Globo”.

Serra teria demonstrado descontentamento com declarações dadas por Pestana na época da convenção nacional tucana, em maio.

O deputado foi um dos principais artífices na Câmara da condução do ex-senador Tasso Jereissatti à presidência do Instituto Teotônio Vilela, que faz estudos e pesquisas para o PSDB. Serra almejava o cargo, mas perdeu a disputa interna.

O ex-governador ficou com o comando do conselho político da legenda, colegiado criado para acomodá-lo na cúpula da sigla.

Apesar de ligado a Aécio, Pestana era reconhecido no PSDB por simpatizar com Serra e costumava ser chamado nos bastidores de “o mais serrista dos mineiros”.

Parte da bancada de deputados federais que acompanhou a cena chegou a defender a elaboração de um manifesto em solidariedade a Pestana, ideia que foi descartada para não dar publicidade ao desentendimento.

A briga foi relatada ao senador Aécio Neves. Ele está em Belo Horizonte desde o dia 18 de junho, quando caiu de um cavalo e quebrou a clavícula e cinco costelas. O mineiro pediu discrição aos seus aliados.

Marcus Pestana não quis comentar o episódio. Sem tratar da discussão, o deputado elogiou o ex-governador paulista. “Eu tenho uma identificação enorme com o diagnóstico que ele faz do país. Sou economista como ele. Como professor, dava textos elaborados por Serra aos meus alunos”, disse.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s