Dilma recua e adia decisão sobre sigilo eterno de documentos

Abra os arquivos, Dilma, antes que o WikiLeaks o faça

Menos de 48 horas depois de a nova ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais) anunciar que o governo trabalharia no Senado para manter o sigilo eterno de determinados documentos históricos, o líder do governo do Senado, Romero Jucá, anunciou que o governo vai retirar o pedido de urgência para apreciação do texto no Senado.

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Política

4 Respostas para “Dilma recua e adia decisão sobre sigilo eterno de documentos

  1. Lucas,

    Você sabe qual é o PL??

  2. De “atos secretos” o Sarney entende bem, heheheh!!

  3. Não entendi. Como “melhor assim”? O pedido de urgência era exatamente para se votar o como texto como veio da Câmara, ou seja, limitando-se a preservação do sigilo por no maximo 50 anos. Ao retirar a urgência, o Planalto atende a pressão do senador Fernando Collor, que deseja apresentar emendas para manter o sigilo perpétuo. A retirada da urgência é para se evitar mais transparência!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s