Mil palavras que não valem uma foto: impeachment de Collor volta à galeria de fatos históricos do Senado, mas sem imagens

O impeachment do então presidente Fernando Collor, ocorrido em 1992, voltou a figurar na galeria que marca passagens históricas do Senado. Porém, diferentemente do que ocorria antes da reforma da galeria, agora há apenas um texto e não mais a imagem da manifestação dos cara-pintadas, símbolo da luta contra a corrupção no governo Collor.

A galeria foi reinaugurada recentemente, mas a menção ao impeachment, que constava da versão original, fora cortada. Após uma avalanche de protestos, o presidente do Senado, José Sarney, prometera restaurar a galeria, voltando com o registro do impeachment.

Vê-se agora que, do ponto de vista da verdade stritu senso, a promessa de Sarney foi cumprida. Mas, do ponto de vista da ética, mais uma vez fomos enganados.

No Brasil, como se vê, não falta verdade, o problema é que sobram mentiras.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s