Com “jornalismo justiceiro”, CQC desrespeita Renan Calheiros e o Senado

Danilo Gentili: "jornalismo justiceiro" no Senado

Renan Calheiros (PMDB-AL) foi abordado ontem no Senado por Danilo Gentili, do CQC da TV Bandeirantes.  Com o microfone e a câmera ligados, o repórter (?) perguntou ao senador se a indicação dele para o Conselho de Ética do Senado seria o mesmo que escolher o traficante Fernandinho Beira-Mar para o (inexistente) Ministério de Combate às Drogas.

Muitos senadores, como Renan Calheiros, merecem críticas por suas atuações políticas, como já se fez (e se faz) neste blog (veja aqui, aqui, aqui e aqui). Precisam ser fiscalizados pela sociedade e permanentemente investigados pela imprensa. Mas, sob nenhuma escusa, podem ser alvo do chamado “jornalismo justiceiro”.

Renan e seus pares precisam sim prestar contas de seus atos, mas como senadores da República precisam também ser respeitados. Não vivemos numa sociedade tribal. Jornalistas ou pseudo-jornalistas não têm direito de fazer justiça com o gravador. Repórter não é juiz, policial, procurador ou justiceiro. Piada não é jornalismo.

E se alguns senadores tratam o Senado como a casa-da-mãe-joana, isso não dá o direito a ninguém de fazer o mesmo. Ao contrário, somente com seriedade devolveremos ao Congresso a importância que ele deveria ter. O resto é macaquice atrás de audiência para vender lâmina de barbear.

Anúncios

34 Comentários

Arquivado em Jornalismo

34 Respostas para “Com “jornalismo justiceiro”, CQC desrespeita Renan Calheiros e o Senado

  1. Pingback: O que Ernesto Varela diria do CQC? | Blog do Lucas Figueiredo

  2. Geraldo Magela Ramalho

    Lula já chamou Sarney de o maior ladrão da repúbblica e hoje diz que ele é um companheiro incomum. Isso também é um desrespeito ao Senado e ao povo brasileiro, já que Sarney, o maior oligarca desse pais, não está acima do povo brasileiro, logo, não pode ser considerado incomum.

  3. erico

    Comentário chapa branca…

  4. Karina

    Lucas! bom dia. Vou discordar do seu ponto de vista. A política no Brasil é tão ridícula que pedir respeito pra Senador não faz mais sentido. Me aponte um dia sequer em que as manchetes dos jornais não falam de corrupção política. Precisamos sim, de agir. Se alguém tem liberdade para isso, que faça!
    Não aponto o dedo pq eles mesmos – os políticos – não se dão o
    respeito. Caráter, ética, moral, já se perderam há tempo!

  5. Bruno P. Nogueira

    Se quem tem que fazer justiça não faz… O jornalismo eh uma opção.

  6. Bruno P. Nogueira

    Lucas, sou seu fã…li todos seus livros. Mas, sinceramente, esse jornalismo justiceiros, pra mim, foi uma das melhores maneiras de escancarar certas mazelas oa povão.
    E colocar Renan num conselho de ética é, SIM, a mesma coisa que colocar Fernadninho Beira Mar no Min. Anti Drogas.
    VIVA O JORNALISMO JUSTICEIRO

  7. suzano

    concordo com o post e engrossaria o caldo: piada ” política” não muda seu objeto de “graça” e ainda retira a pressão da indignação. Em quanto chamamos os políticos de ladrão, eles continuam passando a …

  8. Pingback: O humor abutre do programa Pânico (II) | Blog do Lucas Figueiredo

  9. Gabriel Dantas

    Incomodou foi?

  10. Com o perdão da palavra, este post é utópico. Os senadores e outros políticos do país não nos respeitam. Por quê deveríamos respeitá-los? O chamado “jornalismo abutre” do CQC só faz o que os membros pagantes de impostos da nossa nação em sua maioria não tem recursos pra fazer, falar na cara de tais “respeitáveis” a imagem que eles têm diante da nação. Se vivêssemos na Inglaterra ou França, talvez o post faria sentido. No Brasil não.

  11. Beinletz

    Eu vejo a gente ficando cada vez mais chato…Não se pode fazer piada com mais nada. Os que ficam horrorizados com preconceito e falta de ética são os mesmos que nem esperaram a Amy esfriar pra já mandar o discurso anti drogas…Isso só como um exemplo( e só pra constar, o que eles fazem não é falta de ética).
    Respeito tem que ser merecido. Um título é dado, dinheiro se consegue, palavras se falam, mas ações é que demonstram o que você é.
    Ria! Pode rir com gosto mesmo. Porque de tristeza, isso aqui já tá cheio.

  12. Sandra

    QUAL A DIFERENÇA ENTRE RENAN CALHEIROS E FERNANDINHO BEIRA-MAR? PRA MIM NENHUMA. BLOG CHEIO DE HIPOCRISIA!!!!!

  13. Advogado do diabo!!!!! Ele tá paganfo direitinho!!!. abaixo ao desrespeito com o povo. PARABÉNS CQC !!!

  14. Pingback: O humor abutre do programa Pânico | Blog do Lucas Figueiredo

  15. “O resto é macaquice atrás de audiência para vender lâmina de barbear”.
    Fecho de ouro em post primoroso.
    Valeu a leitura.

    O CQC não é jornalistico, nem irreverente. É desrespeitoso e o pior, como vc diagnosticou, “justiceiro”.

    Nojentos.
    :/

    • THIAGO

      esse blog é um lixo, falso moralista cheio de mimimi!

    • Anônimo

      e vc foi paga pra posta esse comentario?O Cqs tem e sim td razao !!!!

    • Anônimo

      Zé Povinho
      Viva ohh!!! Sr. Renão um típico representante do povo pacífico, idiota, otário, apático, e dito da paz; já chega de carregar estes fardos de Brasília nos ombros,, temos que reagir, e que seja de qualquer forma que meça o quanto estmos putos com esses PUTOS. Parabens CQC.

  16. robert lara

    Banal é o nosso senado e alguns políticos. Banal é alguem fazer uma pergunta querente e como eleitor deveriamos sim, ouvir a resposta. Parar de tratar os deputados como senhores da corte, eles trabalham para o povo e não para benefício próprio. Quem deve respeito é o Srs. Senadores e Deputados os quais não respeitam o povo. Brincam com a verba e um poder acima de tudo. E do alto dos seus tronos veem os bobos da corte, vc, eu e todos os eleitores, que deveriam ter mais poder para retirar e ou questionar seus políticos assim quando não corresponderem com o seu papel. Um modelo nada democrático.

  17. CQC quem derás se nós a sociedade fosse atento aos fatos como voces, parabens……..tudo que disse é pura verdade…esse conselho não tinha que ter vergonha de ser chamado de Ética. acorda povo brasileiro.

  18. Assisti a entrevista do Gentili com a Marilia Gabriela. Ali é capaz de saber quem é esse sujeito.
    Ele ve suas piadas racista apenas como piadas.
    Não sou politicamente correto, mas o que ele ve como piada é assustador, pois sabemos a dimensão que os integrantes do CQC alcançaram.
    Ainda não sei o que eles viram de errado com o Bolsonaro.

  19. Está demorando para aparecer um programa que ridicularize o Panico o CQC e tantas outras porcarias que vão aparecendo.
    Eles estão piores que esses artistas de 15 minutos.

  20. clara

    Abaixo CQC, abaixo jornalismo de décima categoria. Apelar o tempo inteiro em prol de audiencia deveria ser repugnado pela maioria. Mas, como somos uma democracia e este apelo traz audiencia, vira o eterno dilema “‘é fresquinho porque vende mais ou vende mais porque é fresquinho.” Fiquei sabendo do blog por causa da entrevista com a Daniella Zupo. Vou fuçar seus livros e de quando em quando virei aqui. Parabéns.

  21. Felipe

    O CQC de fato não usa as melhores vias para fazer suas críticas. Apesar desse dedo gangrenado, os apontamentos tem fundamento. Vamos tirar de exemplo a pauta da sua postagem: Renan Calheiros (PMDB-AL) tem a ficha mais suja que um pau de galinheiro, é no mínimo irônico a participação dele no Conselho de Ética do Senado. O mesmo não é ético, talvez nunca venha a ser, portanto não pode responder pela ética de terceiros já que ele mesmo não conhece a própria.

  22. Elvira

    O respeito tem que ser com qualquer um, não só com senadores ou qualquer outra espécie de “autoridade”. E ninguém pode ser alvo do “jornalismo justiceiro”, pela simples razão de que a função do jornalismo não é fazer justiça.

  23. Jadiel

    Ora, Lucas, por mais que o CQC tente nunca desrespeitará Renan Calheiros o suficiente. Além do mais ele próprio (Renan) não se dá esse respeito. Lamento, mas tenho minha “alma lavada” quando o CQC tenta constranger aqueles senhores que se transformam quando chegam em Brasília. Infelizmente, dificilmente eles (com raras exceções) se sentem contrangidos. A instituição merece respeito, ao contrário de Renan.
    Defender o indefensável é difícil, mas continue com sua metralhadora giratória. Ela faz bem à nossa capenga democracia.

    • joaquim de carvalho

      Jadiel, goste ou não, Renan foi eleito, e não estou sabendo que seu voto valha mais que qualquer dos que elegeram o senador.
      Por sua lógica, qualquer um poderia ser insultado. Se tem alguma prova, apresente e deixe a justiça julgar.
      Acusações e julgamentos feitos em casa política, são políticos, e até ao momento o senador continua.

      • Anônimo

        Existe várias provas contra o criminoso Renan Calheiros, esses políticos como Renan roubam e ri da cara do povo.

  24. Luan Silva

    “O resto é macaquice atrás de audiência para vender lâmina de barbear”. Fenomenal, meu caro.

  25. Concordo plenamente com seu texto sobre o jornalismo justiceiro e piadista do CQC. Parabéns, caro blogueiro!

  26. Jayme

    A comparação não é de todo ruim.
    Renan é o escárnio político da cara brasileira. Ao invés de estar ocupando uma cadeira no senado, ele deveria estar preso.
    Parabéns ao Gentilli, disse aquilo que eu queria dizer a esse déspota.

  27. Lu Pereira

    Gostei. Gostei muito de suas ponderações…
    Mas isso (CQC) não é jornalismo…e sim sua banalização. Não acrescenta nada e, realmente, é uma imensa falta de respeito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s