Agentes da Abin questionam o blog; o blogueiro responde

Se empresas privadas formam grupos de teatro para motivar seus funcionários, por que um órgão público como a Abin não pode fazer o mesmo?

Por que um jornalista vaza, na internet, material de uso interno do serviço secreto?

Os questionamentos acima, feitos por pessoas que se dizem funcionários da Abin, resumem as dezenas de críticas recebidas por este blogueiro por ter revelado em primeira mão o vídeo produzido pela Agência Brasileira de Inteligência para ensinar português a seus agentes. (O vídeo se tornou uma febre na internet e foi assunto na imprensa. Em quatro dias, foram mais de 105 mil exibições no canal do blog no YouTube.)

Vamos aos questionamentos.

A Abin não é uma empresa privada, é o serviço secreto brasileiro. O nó da questão não é a Abin manter um grupo de teatro amador, mas sim o serviço secreto produzir num vídeo institucional em que expõe seus funcionários fantasiados de super heróis.

Tem mais: novamente a Abin demonstra estar perdida ao entender que uma esquete teatral mambembe pode ser usada para fins educacionais de seus funcionários, inclusive agentes secretos.

Dois departamentos (Telemática e Núcleo de Educação à Distância) da Abin foram mobilizados para produzir uma “peça educacional” sem propósito, sem conteúdo e sem didática. Servidores públicos deixaram suas atividades de lado para trabalhar no roteiro, na direção, na sonoplastia, na edição e na arte final do vídeo, conforme registram seus créditos.

É para isso que serve o serviço secreto? O vídeo não seria mais uma prova da falta de foco da Abin – um problema que este blog já apontou inúmeras vezes (leia aqui, aqui e aqui)?

Sobre a divulgação do vídeo no blog, acredito que uma das missões do jornalismo é fiscalizar as instituições públicas. O norte deste blog é – e continuará sendo – apontar erros e desmandos cometidos em órgãos do Estado e vigiar o bom uso da coisa pública.

O vídeo da Abin demonstra que há algo de errado no nosso serviço secreto. A sociedade precisa saber disso.

Anúncios

16 Comentários

Arquivado em Inteligência

16 Respostas para “Agentes da Abin questionam o blog; o blogueiro responde

  1. Anônimo

    e engraçado como um homen se torna tao corajoso atras de um teclado… e pra quem conhece realmente como e o serviço da ABIN e sabe como e a vida dos que se dedicam a ela, sabe que este mero blogueiro fala muita coisa porem… oque podemos absorver dele que realmente seja verdadeiro e util?

  2. Alessandro Batalha

    Boa Noite
    Para que possamos emitir juizo de valor sobre algo ou alguém é necessário termos o mínimo de conhecimento sobre determinado assunto a fim de evitarmos constrangimentos como o que vossa senhoria submete-se ao referir-se à Agencia Brasileira de Inteligencia, como Serviço Secreto. São ambas instituições distas sendo que esta ultima não existe no Brasil. por favor antes procure informar-se sobre assuntos que não lhe são peculiares. A sociedade Agradece.