Chéri Júlio Campos, fecha o balaio

Júlio Campos, deputado branco claro

Para registro: o deputado Júlio Campos (DEM-MT), que chamou o ministro Joaquim Barbosa, do STF, de “moreno escuro do Supremo”, sempre foi um tribuno, digamos, iconoclasta. Quando ocupou uma cadeira no Senado entre 1991 e 1999, chamava atenção a forma como costumava presidir as sessões da Casa. Ao alertar os colegas que se alongavam demais nos discursos, ferindo o regimento, em vez do tradicional “senador, seu tempo acabou”, preferia a expressão “chéri, fechou o balaio”.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s