A primeira capa a gente nunca esquece

Numa época em que jornais e revistas costumam desaparecer, é uma honra fazer parte da equipe que traz ao Brasil uma publicação do nível de GQ. Vejam abaixo como ficou a capa da edição número 1.

A reportagem que fiz, com fotos de Daniel Kfouri, revela que, na década de 1970, o Exército usou índios de uma tribo do Pará para caçar e matar guerrilheiros do Araguaia. Como prova da missão cumprida, os índios tinham de voltar da mata com as cabeças dos militantes do PCdoB.

 Em breve, nas bancas.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em História do Brasil, Imprensa, Jornalismo, Militares

Uma resposta para “A primeira capa a gente nunca esquece

  1. Jadiel

    Li a reportagem. Gostaria de parabenizá-lo por ter, em apenas dois dias, penetrado na mente daqueles homens que em certo momento estiveram entre a cruz e a espada: ou obedeciam às ordens dos militares ou obedeciam!
    Não havia alternativa, nem plano B!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s