Josias de Souza: “Todos bateram palmas, menos comandantes militares”

O repórter-fotográfico Alan Marques, da Folha de S.Paulo, captou o momento e o jornalista Josias de Souza o decifrou.

xxx

Todos bateram palmas, menos comandantes militares

Josias de Souza, do blog Bastidores do poder, da Folha Online

No Brasil pós-64, os políticos foram divididos em dois grupos. Num, os condenados a meia palavra. Noutro, os sentenciados a palavra nenhuma.

Certos nomes não podiam ser mencionados. Assuntos como censura, tortura e sumiço de pessoas eram proibidos.

Hoje, ocorre algo diferente. Submetidos ao poder civil, os militares herdaram o encargo de medidores de palavras.

Falam apenas o essencial. No mais, calam. Por vezes, porém, o silêncio dos militares grita. Repare na foto lá do alto.

Foi clicada nesta sexta (18) pelo repórter Alan Marques, no Planalto. Fora do quadro, Dilma Rousseff discursava sobre a lei que criou a Comissão da Verdade.

“Dia histórico”, declarava a ex-guerrilheira Dilma. Na platéia, todo mundo aplaudiu, menos os senhores de uniforme sentados na segunda fileira.

No código consentido dos comandantes militares, a ausência de aplauso é uma das maneiras de dizer pouco e insinuar muito.

Para o bom leitor de entrelinhas, ficou subentendido que a banda fardada do governo torce o nariz para a idéia de escavar o passado.

Linda cena. Imagem de um Brasil diferente daquele de outrora. Um país em que os sem-patentes recuperaram o direito a palavras inteiras.

O cenho crispado dos comandantes é compreensível, alvissareiro e curioso. Democraticamente, reagem ao discurso da ex-inimiga armados de régua.

Antes, prendia-se e arrebentava-se. Agora, recorre-se à sugestão do gesto, às entrelinhas do silêncio, ao subentido das mãos inertes.

About these ads

8 Comentários

Arquivado em Direitos humanos, Militares, Política

8 Respostas para “Josias de Souza: “Todos bateram palmas, menos comandantes militares”

  1. Anônimo

    Não meu caro Lucas, militar não bate palma. Essa é a resposta. Eles não aplaudiram pela tradição da caserna, afinal, militares só podem se manifestar das formas previstas como saudações e bater palmas não é uma saudação militar. Simples assim.

  2. João Augusto

    Caro Lucas, eles (os militares) conhecem bem a importância dos gestos. Sei que os historiadores aplaudem de pé.

  3. Marcelo

    Se a sociedade tivesse conhecimento dos discursos internos proferidos dentro das Forças Armadas, ficaria estupefata com o grau de… surrealismo? Nonsense? Fanatismo? Difícil dizer.

    Mas há uma boa mostra: os discursos absurdos que pipocam no Clube Militar não ficam muito atrás do que é dito dentro das FFAA.

  4. Mariza Alves

    Caro Lucas,
    Caro Lucas,
    Não foram só aqueles senhores da segunda fila que não aplaudiram. Se reparar bem, há um senhor entre os ministros Jorge Hage (CGU ) e Gilberto Carvalho ( Secretária-Geral da Presidência) que também não aplaudiu. Por um acso você se lembra ou sabe quem é ele? E mais, por que razões não aplaudiu e nunca iria fazê-lo?

    • Este “senhor” a quem você se refere é o general José Elito, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional. Muito bem anotado.

    • Anônimo

      Ele também comanda a Abin e foi crítico em relação a esta Comissão da Verdade e, salvo engano, incomodou ( e muito) a presidenta , logo no início do atual governo, com declarações ( favoráveis?) sobre o regime militar e as torturas que teraim ocorrido naquele período. Pergunto: você acha que ele continuará no governo na decantada reforma ministerial prevista para o início do próximo ano?

  5. Heraldo Leite

    Lucas,
    Ouvi dizer – mesmo sem ter certeza – que os militares, por motivos hierárquicos ou de cerimonial – não precisam bater palmas.
    Achei estranho…
    Será que procede?
    Talvez seja o tema de uma pesquisa e você continuaria dentro do assunto.
    Abs.,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s